Project: Links Library

Tem muita coisa legal no mundo! Vou aproveitar e guardar (pra mim) e compartilhar (com vocês)


Deixe um comentário

#25 – Amar está na moda

Um zilhão de blogs e vlogs de casais está fazendo um super sucesso ultimamente. Um dos meus preferidos é o Dele e Dela, um blog que exala amor, paixão e um monte de coisas bonitas e inspiradoras. Tudo começou com o incrível apartamento do Fê e da Isa, que foi super divulgado, pinado, compartilhado, porque é um lugar apaixonante! Lindo e aconchegante, o apê deles é super inspirador, criativo e diferente, dá uma invejinha boa e gostosa olhar as fotos do lugar que eles montaram com tanto carinho e amor.

dele e dela 2 Foi a partir das fotos do apê que eu fui conhecer o blog dos meninos, e amei mais ainda. O Felipe trabalha com edição de vídeos e a Isabela é figurinista, e através de fotografias lindas, eles registram o lifestyle de casal, as aventuras com a Porpeta (uma bulldog fofa demais) e um projeto chamado “um restaurante por semana” que deve ser incrível para quem mora em SP.

dele e dela 1dele e dela

Tem alguns vídeos de DIY que também são bacaninhas, apesar de eu ter achado as coisas meio banais, é interessante ver a visão que eles dão pras coisas. Vou falar de novo da incrível fotografia do blog, que dá um toque e um charme a mais. Vale uma visita semanal ou até mesmo mensal, porque o blog não é tão atualizado. Mas ultimamente não to achando o Dele e Dela tão inspirador quanto eu achava há um tempinho atrás (acho que é porque antes eles ainda estavam arrumando o apê, então tinha mais postagens de decor).

Além disso, é um blog que tem muita publicidade no meio… Isso acaba ficando um pouco chato, ainda por cima que são publicidades de coisas que não são interessante :/ As fotos dos últimos posts eu também não to curtindo mais muito… Meio escuras demais, um tipo de fotografia que eu não curto. Tomara que eles dêem uma revigorada no blog, porque vou continuar acompanhando, haha.

Palavra chave: Casal, decoração, inspiração

Blog: http://deleedela.com/

Facebook: https://www.facebook.com/deleedelablog

Insta da Isa: http://instagram.com/isabelamarques

Insta do Fê: http://instagram.com/felipealfieri


Deixe um comentário

#24 – Sou daquelas

Sou daquelas que ama – e favorita, compartilha, manda link pra todo mundo, imprime, cola na agenda, cola na parede, twitta – todo e qualquer texto de reflexão sobre a felicidade. Sobre o que queremos, o que buscamos, o que precisamos reivindicar e abdicar da nossa vida nessa constante busca por um mundo melhor, por uma vida mais plena. Tenho vontade de escrever sobre isso, mas não sei se aqui é lugar ou hora pra isso. Mas eu vou escrever mesmo assim, porque esse blog é meu e ninguém, ou pelo menos quase ninguém, lê ele.

Não sei se isso acontece comigo porque eu tenho só 19 anos. Não sei se essa é uma sensação momentânea ou um sentimento real e contínuo. Mas eu tenho plena certeza que sou feliz. Não é questão de ter momentos de felicidade, pelo menos não no meu caso. Não é questão de estar feliz em todos os momentos da vida. É questão de você passar por um zilhão de perrengues, de você ter vontade de chorar várias vezes por dia, de você estar em um meio onde não concorda com muita coisa, mas de que você chega em casa no final do dia e se sente bem, se sente completa. É questão de você querer reviver mesmo as coisas que não te fazem bem, porque elas transformam a sua vida na vida real. E você gosta da sua vida real? Você consegue olhar para todas as coisas ruim que te acontecem e ainda assim sentir um frio na barriga de felicidade? Eu sinto. E não é momentâneo. É todo dia, toda hora, como nunca tinha acontecido antes na vida.

 

Ficar no escritório até tarde da noite, chegar em casa cansada, pressão por $$$, brigas com namorado/família. Muita gente, muitos blogs, muitos filósofos dizem por aí que a gente precisa abdicar de todas essas coisas estressantes para se dar bem. E se eu gostar desse stress todo? Se esse stress me fizer chegar em casa às 23 horas de uma segunda-feira, podre de cansada e querendo férias, e mesmo assim eu desejar ansiosamente um outro dia igual a esse que passou? Essas coisas me fazem feliz, essas coisas fazem a adrenalina percorrer pelo meu corpo com mais intensidade e vontade de viver a vida. Eu queria dividir esse sentimento com todos ao meu redor, principalmente com a minha família. Eu queria ter a certeza de que vou continuar achando felicidade em todas os projetos que me envolver, em todos os empregos que eu tiver.

Meus olhos brilham quando leio a palavra ‘felicidade’ em um texto ou outro. Brilham quando vejo projetos que refletem sobre isso e que alegram a vida de quem os faz ou de quem é afetado por eles.

E meus olhos brilharam quando vi o Glück Project, um projeto de um casal super bem sucedido que largou tudo, pediu demissão e foi pro mundo pesquisar e investigar a felicidade. Eles se mudaram para Berlim e de lá instigam e se questionma sobre esse sentimento tão ímpar e importante na vida. gluck project

Os textos são incríveis, o design é bonitinho, a bibliografia e as fontes pesquisadas vão das filosóficas às econômicas. É interessante e nos faz endoidecer vendo tanta falta de felicidade a nossa volta – por que tem que ser assim?

Gluck project2

Palavras chave: investigação, felicidade, reflexão.

Blog: http://www.gluckproject.com.br/

Achei o Gluck nesse link aqui ó: (tem um monte de outros links de projetos legais sobre felicidade lá também) http://chocottone.com/blog/index.php/2013/10/04/em-busca-da-felicidade/


Deixe um comentário

23# – Há quem adore sapatos

 

E há quem adore o “às nove no meu blogue”.

Ponto final. Não tem muito o que falar sabe? O blog é maravilhoso e ele é diferente de qualquer outro blog que eu já tinha visto na vida. Não tanto pelo conteúdo em si, mas pela forma de passar esse conteúdo. Juro que minha respiração muda quando eu entro no blog.

Diretamente de Lisboa, a Sofia fez um blog que é uma mistura de textos de auto ajuda e de reflexão com coisas bonitas e links interessantes. Extremamente pessoal e poético, com inspirações múltiplas, mas em especial de decoração. De escrita leve, o blog transmite uma paz e uma serenidade que nenhum outro blog jamais me transmitiu. É lindo, faz pensar, faz amar. Faz querer ler mais e mais. Faz querer selecionar frases dentre os textos para escrever na parede, para levar de mantra de vida.

às nove no meu blogue

Mas não é só pra refletir que o blog é. A Sofia coloca inspirações dela lá, marcas, objetos, livros, músicas e lugares que ela gosta. E ela linka tudo isso de uma maneira legal e simples, mas que contribui ainda mais para a imagem serena do blog. Os links de moda vão desde lojas básicas e conhecidas como Mango e Asos, até outras totalmente novas para mim, que viram uma descoberta linda.

Além de escrever maravilhosamente bem, ô mulher para ter gosto bom, essa Sofia. Parece respirar sofisticação, bom gosto, feeling. E pra compartilhar ainda mais com a gente todo esse bom gosto, tem uma lojinha do blog com não muito coisas, mas coisas bem bacanas.as nove no meu blogue

“Há dias em que é nas diferenças dos outros que te conheces melhor e que sabes que todos os talvez, todas as reticências, todas as aspas perdem força perante a certeza boa de que quando dás o melhor de ti, a vida devolve-te na mesma proporção. “

A página do facebook é legal também. Tem dezenas de frases acompanhadas de textos para refletir. A Sofia trabalha como coach. Se o blog já é incrível, pensa ter ela como coach, que coisa boa?!

 

Palavras-chave: reflexão, inspiração, coaching

Blog: http://asnovenomeublogue.clix.pt/

Lojinha: http://loja.asnovenomeublog.pt/

Instagram: http://instagram.com/asnove

Facebook: https://www.facebook.com/pages/%C3%80s-9-no-meu-blogue/448283748572860


Deixe um comentário

Apenas uma reflexão para 2015, sem hashtag

Às vezes tenho medo do mundo. Tenho medo de dormir, de assistir novela, de “perder” meu tempo fazendo coisas desinteressantes. É que tem coisa interessante demais nesse mundo. E a verdade é que eu não vou ter tempo pra explorar tudo. Pra ler todos os livros que quero ler. Assistir todas as séries e filmes que quero assistir. Rir e ficar com minha família e amigos todo o tempo que quero ficar. Desenhar e aprender tudo que eu quero aprender. Conhecer tanta gente quanto eu quero conhecer. E claro, acompanhar todos os blogs que eu gostaria de acompanhar.

O mundo tem mais de 7 bilhões de pessoas. Cada uma tão interessante e com uma história tão ímpar e incrível quanto a outra. É cruel demais pensar que não podemos conhecer nem 0,00000001% dessas histórias. Mas as que a gente tem oportunidade de conhecer… Vamos a fundo! Vamos explorar o mundinho interno de cada um. Vamos absorver tudo o que quem quer que seja estiver a fim de compartilhar conosco.

Que 2015 me apresente novas pessoas. Que me dê a oportunidade de aprender mais, de absorver mais. Que em 2015 eu consiga lotar esse blog de links incríveis feitos por pessoas mais incríveis ainda!

 


Deixe um comentário

#22 – Menina famosa e eu ainda nem tinha lido o blog

Mentira. Já tinha entrado pra ler um texto (muito bom, por sinal, mandei link pra todo mundo) sobre como não precisa ser rica pra viajar. Mas eu não tinha lido nenhum outro texto, não tinha prestado atenção no blog, não tinha me empolgado… E eis que hoje eu entro por acaso e tem um texto super foda sobre moda, e essa relação de amor e ódio que quem tá nesse meio sente. Pensei em linkar só esse texto sobre a moda então. Mas continuei firme e fui pro próximo texto. Curti igual. E a partir de então não parei de ler mais o blog da Jana Rosa.jana rosa

Sempre achei a Jana só mais uma figurinha do mundo da moda, e morria de preguiça dessas figurinhas. Nunca pensei que eu fosse gostar dela. A imagem que eu tinha há alguns anos atrás simplesmente me dava preguiça. E às vezes ainda me dá (e daí né, o que eu tenho a ver com a vida dela). Mas o jeito que ela escreve é simplesmente incrível, o jeito como ela vomita verdades que ninguém tem coragem de falar é inspirador. E eu devorei o blog em uma madrugada deliciosa e inspiradora.

Os temas são os mais variados, com ênfase especial para relatos de viagem e reflexões sobre o que ela vê do mundo, o que ela vê das pessoas. Tudo com uma pitada gigante de bom humor e com uma linguagem informal e leve. Tudo muito gostoso de ler. Há algum tempo atrás vi que as postagens eram mais ilustradas, e era divertido até. Nos posts recentes, as imagens diminuíram e os textos triplicaram de tamanho – os textos são grandes meeeesmo, só pra quem gosta desse tipo de blog. E eu gosto.

Acho que os posts gigantes se equilibram com a pouca frequência de postagens – se tivesse todos os dias textos do tamanho que ela costuma escrever eu não ia ter paciência pra ler, então tá ótimo assim.jana rosa 2

Palavras chave: reflexões, viagens, bom humor

Blog: http://janarosa.com.br/

Instagram: http://instagram.com/janarosa/

 


Deixe um comentário

#21 – Eu nem bebo, mas…

Não sei dizer porque, nem como, mas a propaganda da Smirnoff me pegou de jeito. Tudo começou quando eu estava em São Paulo e de repente me deparei com um outdoor vermelho. Uma frase marcante e jovem e a hashtag “umbrindeavidareal.” Não tinha nenhuma referência a Smirnoff, eu fiquei com aquilo na cabeça por uns dias, mas não lembrava exatamente as palavras da hashtag para poder procurar mais sobre aquela jogada de publicidade que eu tinha achado incrível.
Passaram uns dias, e a frase nem passava mais pela minha cabeça. Mas a TV logo tratou de me relembrar: “Dizem por aí que essa geração não se preocupa com nada.” Como assim??? Aquilo atiçou demais a minha curiosidade. Larguei tudo o que eu estava fazendo e corri para prestar atenção na propaganda. As frases são marcantes, diferentes, chamam e prendem a atenção. Não são simples frases de efeito. Foram muito bem pensadas e são coisas que ninguém tem coragem de dizer, e que encaixam super na vida dessa nossa geração.

 

#umbrinde

Além do muito bem pensado texto, a campanha tem uma fotografia incrível, com personagens extremamente reais e que representam muito bem essa geração real. Alguns outros mini videos tem sido lançados, seguindo a temática da campanha, mas não chegam aos pés do vídeo principal.

As mentes brilhantes dessa campanha estão de parabéns. E um muito obrigada à Smirnoff pela oportunidade de me fazer enxergar que não tem problema se as pessoas me acham antissocial, se eu tenho conversas profundas pela internet, ou se meu visual não tá de acordo com o ambiente, porque: SÓ ME IMPORTA SER EU MESMA (lindo demais isso).

 

Canal do youtube: https://www.youtube.com/user/smirnoffbrasil

Site: http://www.smirnoff.com.br/


Deixe um comentário

#20 – Quando pijamas são mais do que pijamas

Vou confessar que sou daquelas que não tem pijama, que dorme de roupa velha mesmo, já muito amaciada e de toque único. Mas não existe como não morrer de amor com a Oysho. Juro que eu nunca vi um homewear tão incrível, um homewear que me inspirasse e me emocionasse tão no fundo do coração. Engraçado isso de uma marca de pijamas emocionar, né? Minha mãe ia dizer que eu sou louca.oysho

Mas sabe porque a Oysho emociona? As estampas são fofas demais, perfeitas mesmo para pijamas; o material (to dizendo isso só pelas fotos) parece ser de extrema qualidade e escolhido com cuidado; tem moletinho, malhas mescla, e muito tecido felpudo, tudo é super combinadinho e cheio de detalhes que parecem ter sido feitos com amor. O lookbook e as fotos de campanha transmitem paz e conforto, você automaticamente se sente mais descansado, sabe?

Na verdade, acho que é porque eu to numa vibe muito próxima da marca ultimamente. Querendo tudo que for mescla, tudo que tiver toque bom e texturas diferenciadas e únicas. Textura dá vida às coisas, sabe? Por isso que to amando a Oysho! Muitos dos produtos deles não precisam ser só pijama, dá pra usar no dia-a-dia também – pelo menos eu usaria e abusaria, haha. Tem estampas engraçadinhas, eles usam muitos bichinhos como temas e fazem as modelagens interagirem com os bichos, acho o máximo!

oysho bichinhos

Olha esses bichinhos que coisa mais amada!

oysho estampas

Estampas divertidinhas e com essa pegada sketching, que eu amo! Tem miney e snoopy em alguns pijamas também!

oysho favoritos

Esses são meus favoritos. Eu morriiiiiiii pra sempre com esse dos ursos polares e com o da nuvem

oysho texturas

Texturas diferentes, vários nívels de felpa e um furadinho que eu acho muito amor

Notícia triste: Não tem loja no Brasil (nem sequer entregam aqui) – chorando pra sempre.

Palavras-chave: Homewear, pijamas, conforto e emoção

Site: http://www.oysho.com/pt/pt/

Facebook: https://www.facebook.com/oysho

Instagram: http://instagram.com/oysho